Tags

,

Image

De tudo quanto fui,
Fui pouco do que sou,
Sou ainda menos do que serei

De tudo quanto deixei,
Deixei muito do que deixo,
Deixo ainda menos do que deixarei

De tudo quanto sonhei,
Sonhei pouco do que sonho,
Sonho ainda menos do que sonharei

De tudo quanto amei,
Amei muito do que amo,
Amo ainda menos do que amarei

De tudo quanto estive,
Estive pouco do que estou,
Estou ainda menos do que estarei

De tudo quanto caminhei,
Caminhei muito do que caminho,
Caminho ainda menos do que caminharei

De tudo quanto participei,
Partipei pouco do que participo
Participo ainda menos do que participarei

De tudo quanto perdoei,
Perdoei muito do que perdoo,
Perdoo ainda menos do que perdoarei

De tudo quanto levei,
Levei menos do que levo,
Levo ainda menos do que levarei

De tudo quanto busquei,
Busquei mais do que busco,
Busco ainda menos do que buscarei.

Poema introspectivo escrito em 25 de setembro de 2012.

Imagem: Pantanal de Mato Grosso, casal de Tuiutis próximo ao barco (Foto de AjAraujo tomada em junho de 2012).

Anúncios