Tags

, ,

Image

Amizade é um ato de espontaneidade
Que radicaliza a possibilidade
Do encontro e da reciprocidade
Da convivência e da solidariedade

Verdadeira amizade não impõe limites na relação dialogal
Amigos falam com franqueza e sinceridade
Palavras que voam como folhas soltas no clima outonal
Mas é na arte de escutar que se revela mais maturidade

Amigos não se encontram apenas alhures
Inda que a ausência nuble o espírito humano, estão presentes
Despertam vibrações e risos contidos
Libertam das correntes da vida, no simples ato de dizer “vamos”.

Amigos não ficam estáticos
Emergem da força cinética que por vezes nos oprime
E nos reposicionam na roda dinâmica, vívidos 
Atos de doação, no compartilhar de uma vida “prime”.

Se há algo que não tem preço,

não se compra nem se vende;

não se forja; não se ganha;

não se inventa; apenas se conquista – ato mútuo –

esta é uma boa razão para ter amigos como vocês. 

Amigos riem e choram, partilham e solidarizam.

Escrito no retorno da Irlanda em abril de 2009, em homenagem aos colegas do Brasil presentes no evento SRNT-Dublin, dedicado a eles e aos amigos de ontem, hoje e sempre.

Anúncios